• RUA GENERAL JUSTINIANO PADREL, 25, 1170-152 LISBOA (LISBOA, Portugal)
    T: 215 944 492

  • RUA GENERAL JUSTINIANO PADREL, 25, 1170-152 LISBOA (LISBOA)
    T: 215 944 492

CONSELHOS

BATERIA
  • O que é uma bateria sem manutenção?

    Os acumuladores das baterias são fabricados à base de chumbo com a adição de pequenas quantidades de outros materiais. A diferença entre as baterias sem manutenção, as de baixa manutenção e as de tipo convencional é o material com que o chumbo é combinado. Às de tipo convencional junta-se ao chumbo entre 5 % e 6 % de antimónio, às de baixa manutenção entre 2 % e 3,5 % e nas sem manutenção substituiu-se o antimónio por cálcio e chumbo ou cálcio e selénio.

    As baterias com antimónio aceitam corrente após atingirem a carga completa. Esta sobrecarga origina a evaporação da água do electrólito e, consequentemente, exige a reposição da mesma.

  • Uma bateria pode descarregar-se mesmo estando em repouso?

    As baterias descarregam-se mesmo estando em repouso. A intensidade da descarga depende da temperatura do ambiente, sendo mais rápida em locais quentes onde podem durar, sem instalar, apenas quatro meses. Pelo contrário, em locais mais frescos, a descarga ocorre de forma mais lenta.

  • Quanto tempo demora a descarga de uma bateria em repouso?

    As baterias sem manutenção, a uma temperatura média ambiente perdem, diariamente, 0,15 % da sua carga.

    O envelhecimento da bateria acelera o processo de descarga.

    Por norma, por cada 10 °C que a temperatura aumente, a percentagem de descarga da bateria duplica.

  • Qual a razão pela qual as baterias podem explodir?

    Durante o processo de carga da bateria, ocorre a decomposição da água nos seus componentes oxigénio e hidrogénio (que é um gás facilmente inflamável). Se a carga se realizar num espaço fechado, com pouca ventilação, ocorrerá a acumulação deste gás e bastará uma pequena faísca para provocar a combustão do mesmo.

  • O que é o electrólito de uma bateria?

    O electrólito é o fluido que circula entre as placas dos acumuladores da bateria. Consiste numa solução de ácido sulfúrico em água destilada.

  • Pode ser adicionada água mineral à bateria?

    Qualquer adição de água que não seja destilada provocará uma diminuição da condutividade do electrólito e, como consequência, uma diminuição do rendimento da bateria bem como uma degradação prematura da mesma.

  • Por que motivo algumas baterias sem manutenção têm tampas removíveis?

    Normalmente, as baterias deste tipo vêm seladas e não dispõem das clássicas tampas. No entanto, alguns modelos conservam as tampas porque, se ocorrer uma falha no controlador de carga, a bateria receberá corrente em excesso e a água consumir-se-á rapidamente, o que exigiria a reposição de água destilada até ao nível recomendado.

  • O que acontece se o nível do electrólito for baixo?

    Se o nível do electrólito for baixo, significa que parte da água se evaporou; como consequência, a concentração de ácido no electrólito é maior do que o normal, produzindo corrosão nas placas dos acumuladores, provocando o envelhecimento prematuro da bateria.

  • Qual a razão por que os bornes das baterias ficam sulfatados?

    A diminuição do nível do electrólito provocada pela evaporação da água obriga a que esta seja reposta com frequência, provocando a sulfatação dos bornes e de outras partes da bateria.